Criado pelo decreto estadual N° 43.903/2012, o Fundo Verde de Desenvolvimento e Energia para a Cidade Universitária da Universidade Federal do Rio de Janeiro recebe recursos oriundos da isenção do imposto ICMS, cobrado pelo governo do estado do Rio de Janeiro, sobre a conta de energia elétrica do campus da Cidade Universitária – UFRJ. A receita é revertida para projetos de melhoria da mobilidade, uso da energia - eficientização e produção a partir de fontes alternativas -, redução do consumo de água e monitoramento de indicadores no campus. Os projetos são gerenciados pelo escritório de projetos do Fundo Verde e pela Fundação de Apoio da UFRJ- COPPETEC e contam com o apoio de diversos setores da UFRJ para implementação. Todos os gastos são submetidos a aprovação de um conselho, formado por representantes da iniciativa pública e privada, da universidade, e profissionais de notório saber nas áreas de atuação do Fundo.

Até o final do ano de 2017, o Fundo Verde - UFRJ financiou 26 bolsistas, sendo destes 13 alunos de graduação e 13 cursando mestrado ou doutorado. Os bolsistas participaram de projetos nas áreas de atuação do Fundo. A participação de estudantes nos projetos é um importante passo na esfera social da sustentabilidade, estimulando um pensamento ambientalmente responsável na formação de profissionais.