SÃO PAULO - A MAN Caminhões, braço da Volkswagen para veículos pesados, apresentou na quarta-feira, na Alemanha, a versão de seu caminhão elétrico, que foi desenvolvido pelo centro de pesquisas da montadora em Resende (RJ).

O modelo, chamado de e-Delivery, deve chegar ao mercado em 2020 e faz parte do plano de investimentos da montadora para o Brasil, de R$ 1,5 bilhão, até 2021.


De acordo com o presidente da MAN na América Latina, Roberto Cortes, o caminhão elétrico será testado a partir de 2018 aqui, em serviços de distribuição urbana.

— A autonomia da bateria é de 200 quilômetros, uma distância percorrida por esse tipo de empresas — explicou.

O veículo, ressaltou Cortes, foi desenvolvido em conjunto com três outras empresas: WEG, Eletra e Enel Energia. E, inicialmente, será produzido só na fábrica da MAN no Rio.

Leia mais em o Globo.